Professor Léo Peruzzo compartilha reflexão filosófica sobre ciência, ética e negacionismo

Foto: Hans Reniers - Unsplash

Tomando como ponto de partida a obra Principles of Biomedical Ethics (Princípios de Ética Biomédica), publicada por Tom Beauchamp e James Childress em 1979, o professor Léo Peruzzo Júnior apresenta uma reflexão sobre pesquisa científica com seres humanos ao longo dos anos. Além disso, ele traça um paralelo com os tempos atuais, principalmente no que se refere aos temas da bioética e negacionismo no período da pandemia da Covid-19.

O texto – intitulado “MITOdologia de pesquisa: o negacionista no banco dos réus” – foi publicado no portal Migalhas, especializado em conteúdo jurídico, político e econômico. 

“A ciência não está assentada apenas sobre o compromisso do experimentalismo. É uma atividade regulada por questões metodológicas, normas jurídicas e princípios éticos globais. Ignorá-los, portanto, representa um sério risco à sociedade”, escreve Léo.

>>> Clique aqui para acessar o texto na íntegra.

Léo Peruzzo Júnior é pós-doutor em Filosofia (Università Ca´ Foscari, Venezia); doutor em Filosofia (UFSC); graduado e mestre em Filosofia (PUCPR). E integra o corpo docente da Faculdade Vicentina, na graduação em Filosofia

Se você também tem interesse por essa área de conhecimento, participe do Vestibular de Verão da FAVI