Vestibular 2020 horizontal Home Site 1

Pe. Joélcio Saibot participa de live com Vigário Geral e Visitadores Provinciais da Congregação da Missão

No dia 8 de maio de 2020, o Pe. Joélcio Saibot – conselheiro da CMPS e diretor de ensino da Faculdade Vicentina – fez parte de uma live veiculada pela página internacional da Congregação da Missão no Facebook. A transmissão ao vivo foi realizada por iniciativa da Cúria Geral, com o objetivo de compartilhar informações e experiências sobre como os vicentinos estão atuando nos dias de hoje, frente à pandemia do novo coronavírus.

Junto com o Pe. Joélcio, participaram deste momento: Pe. Francisco Javier Álvarez Munguía, Vigário Geral da Congregação da Missão; Pe. Francisco Domingo Herrero, Visitador Provincial da Província do Peru; e Pe. Nélio Pita, Visitador Provincial de Portugal.

Ao longo da conversa, foram abordadas três questões principais. A primeira delas era compartilhar como os integrantes de cada Província viveram ou estão vivendo a situação de pandemia, que medidas adotaram e como estão superando esse período. “Foi um momento importante e enriquecedor, por saber como as Províncias estão agindo nesses tempos difíceis”, afirma Pe. Joélcio. 

Além disso, foi informado que nestas Províncias, até o momento, nenhum coirmão foi contaminado pelo coronavírus. Também não há casos confirmados entre as integrantes das Filhas de Caridade. E as medidas preventivas continuam em vigência.

Ações em tempos de pandemia

O segundo tópico da live estava relacionado às iniciativas desenvolvidas para servir os pobres neste período, como congregação ou como Família Vicentina. Em sua fala, o representante da Província de Curitiba relatou as ações tomadas para dar continuidade ao projeto Makon, que atende pessoas em situação de rua da capital paranaense e, todo sábado, serve 300 refeições.

Por fim, a reunião aberta à comunidade propôs uma reflexão sobre como a Congregação da Missão pode ver o futuro após a crise da Covid-19.

“A pandemia está nos mostrando que o carisma vicentino é algo atual e presente. Mas para isso, precisamos conhecer cada vez mais o nosso carisma, para podermos operacionalizar de modo eficaz. Também estamos redescobrindo a importância da comunidade e os desafios que ela nos apresenta, pois muitas vezes caímos no ativismo e até mesmo nos distanciamos da vida fraterna. Após esse período da pandemia, seremos mais desafiados ainda a estarmos presente juntos aos pobres, aos "novos pobres" que estão surgindo”, destaca Pe. Joélcio.

Na dimensão espiritual, ficou evidente a necessidade de resgatar o sentido de pertença à comunidade, de uma Igreja que se une. “Ainda vemos o surgimento de novos líderes. E uma característica desses novos líderes é que devem estar cobertos de paixão: ‘o que o coração sente, a mente mostra e as mãos fazem’”, conclui Saibot.

Confira o vídeo da conversa, disponível no Facebook.