EVENTO ADIADO: Diálogos Interdisciplinares - Exortação Apostólica Querida Amazônia

>>> ATENÇÃO: EVENTO ADIADO DEVIDO AO CORONAVÍRUS (COVID-19). 

 

A Faculdade Vicentina realizará mais um evento de seu projeto “Diálogos interdisciplinares”, refletindo sobre a Exortação Apostólica Querida Amazônia, do Papa Francisco. A conferência será no Auditório da FAVI (Av. Jaime Reis, 531A), em nova data a ser confirmada. 

A reflexão será estruturada a partir de três momentos fundamentais: 

  • 8h – Dr. Agenor Brighenti falará sobre o tema: “O Sínodo da Amazônia”; 
  • 9h10 – Ms. Felipe Sergio Koller apresentará uma leitura da Exortação Apostólica Querida Amazônia;
  • 10h30 às 11h30 – Debate sobre o tema.

Relações fundamentais

“O Senhor Deus tomou o homem e o colocou no jardim do Éden, para que o guardasse e o cultivasse” (Gn 2,15). As narrações bíblicas “sugerem que a existência humana se baseia sobre três relações fundamentais intimamente ligadas: as relações com Deus, com o próximo e com a terra” (LS, n. 66). 

“A dupla de verbos – cultivar e guardar/cuidar – indica o caminho para que o ser humano busque restabelecer uma relação harmoniosa com a mãe terra desejada por Deus no projeto da Criação”, observa o professor Luiz Balsan, coordenador da graduação em Filosofia e de cursos de pós-graduação da FAVI. 

A entrada é franca e o diálogo é aberto à comunidade. Não há necessidade de inscrição, nem taxa de entrada. 

Saiba mais sobre os palestrantes

Padre Agenor Brighenti possui pós-doutorado em Teologia pela Universidad Iberoamericana Ciudad de México (2017-2018); doutorado em Ciências Teológicas e Religiosas pela Université Catholique de Louvain, Bélgica (1993); mestrado em Teologia Pastoral pela Université Catholique de Louvain (1990); bacharelado em Teologia pelo Instituto Teológico de Santa Catarina (1979); licenciatura em Filosofia pela Universidade do Sul de Santa Catarina (1975); especialização em Pastoral Social pelo Instituto Teológico Pastoral do CELAM (1980). Atualmente, é professor-pesquisador no Programa de Pós-graduação em Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Curitiba, e no Instituto Teológico-Pastoral para América Latina do CELAM, em Bogotá, desde 1994; líder do Grupo de Pesquisa Teologia e Sociedade; bolsista Produtividade em Pesquisa do CNPq; membro da Equipe de Reflexão Teológico-pastoral do Conselho Episcopal Latino-americano (CELAM); e presbítero da Diocese de Tubarão (SC). Foi perito do CELAM na Conferência de Santo Domingo e da CNBB na Conferência de Aparecida. E perito do Sínodo dos Bispos para a Amazônia em 2019.

Felipe Sergio Koller é mestre (2017) e doutorando em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Atuou como professor do Bacharelado em Teologia da Faculdade São Braz e do Centro Universitário Internacional (UNINTER). Professor visitante da Faculdade São Basílio Magno (FASBAM) e da Católica de Santa Catarina. Possui graduação em Filosofia (2013) pela Faculdade Vicentina (FAVI). Pesquisa principalmente os seguintes temas: espiritualidade, magistério pontifício e arte litúrgica. É coordenador do Grupo de Leitura Partilhada Tomás Halík (GLPTH/PUCPR).