banner site

Páscoa: tempo de reviver a centralidade da fé

Foto: Freepik

 

“Por que procurais Aquele que vive entre os mortos? Ele não está aqui; ressuscitou!” (Lucas 24, 5-6).

Celebrar a Páscoa é rememorar a centralidade de nossa fé, que se torna palpável e visível no amor vivenciado por cada um de nós, seus seguidores.

Vivemos um tempo no qual somos chamados a cultivar a unidade, a paciência, o amor; a acolher o diferente, o estrangeiro que bate em nossa porta. Tempos em que a Palavra nos interpela a sair de nossos comodismos e partir em busca do outro, nos tornando sensíveis às suas reais necessidades básicas, olhando para além de nosso quintal da fé.

Celebrar a Semana Santa é nos permitir caminhar com o Nazareno rumo a Jerusalém, cientes dos riscos e perigos que nos aguardam. Mas, ao mesmo tempo, felizes por nos reconhecermos como discípulos e companheiros Daquele que se fez humano para nos mostrar como devemos viver nossa humanidade. Uma humanidade que se torna plena quando somos capazes de dizer como Paulo: “Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim” (Gálatas 2,20).

Assumir a possibilidade da cruz é ter a consciência de que somente podemos experimentá-la no amor. A cruz é sinal pleno do amor de Deus, que permite a morte do Filho, mostrando com seu gesto que doar a nossa vida é o único caminho para podermos experimentar a Ressurreição.

Procurar o Ressuscitado foi o grande desafio dos seus primeiros seguidores, descobrir sua presença constante no caminhar, sua força e vitalidade diante dos desafios. Assumir a novidade da missão, pela graça do Espírito doado, fez com que a comunidade pudesse participar da alegria da Ressurreição e viver um novo tempo, agora plenificado, cheio, embebido no amor e na graça.

Somos, hoje, também convidados a descobrir o Ressuscitado que passa no nosso meio, com tantos rostos e formas diferentes, que nos interpela a sair, a partir, a olhar para além das nossas necessidades. Deixar-se tocar pelo Ressuscitado é correr o risco de não poder olhar para trás, mas de viver com urgência a conversão exigida por Aquele que nos deu sua vida.

Que esta Semana Santa nos toque o coração e que a vivamos com a possibilidade e o risco feliz de ressuscitar com, por, e em Jesus de Nazaré, O Cristo.

Desejamos a todos uma ótima caminhada nesta Semana Santa e que o Domingo da Ressurreição nos envie a sermos felizes testemunhas de tudo que vimos, ouvimos e vivemos em nossa Jerusalém.

Feliz Páscoa!

Pe. Ilson Luís Hübner
Diretor geral

 

*Em virtude da Semana Santa, a Faculdade Vicentina estará em recesso acadêmico e administrativo de 15 a 22 de abril, com retomada das atividades no dia 23. Quem precisar falar conosco neste período, pode enviar sua mensagem para o e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.