Banner vestibular 02 banner

Graduação em Filosofia - Entrevista com professor Luiz Balsan

Time de professores mestres e doutores com espírito inovador, compromisso ético e rica experiência no campo da educação são alguns dos diferenciais do curso de Filosofia da Faculdade Vicentina.

Prof. Luiz Balsan EntrevistaPara saber mais sobre esta graduação, confira a entrevista com o professor Dr. Luiz Balsan, que atua como professor da instituição desde 2000 e como coordenador do curso desde 2007.

Qual é o principal objetivo do curso de Filosofia da Faculdade Vicentina?

Prof. Luiz - Transcrevo aqui o objetivo geral descrito no projeto pedagógico do curso: formar pessoas com capacidade reflexiva acerca das grandes questões que envolvem a vida (ser humano, mundo, Deus e questões afins), promovendo consciência crítica e compromisso diante da realidade sociocultural brasileira e latino-americana, por meio do estudo e do diálogo com as grandes vertentes da Filosofia.

Quais são as principais habilidades que o aluno desenvolve ao longo dos 3 anos do curso de Filosofia da FAVI?

Prof. Luiz - Capacitação para um modo especificamente filosófico de formular e propor soluções a problemas, nos diversos campos do conhecimento; capacidade de desenvolver uma consciência crítica sobre conhecimento, razão e realidade sócio-histórica; capacidade para análise, interpretação e comentário de textos teóricos, segundo os mais rigorosos procedimentos da hermenêutica; compreensão da importância das questões acerca do sentido e da significação da própria existência e das produções culturais; percepção da integração necessária entre a filosofia e a produção científica, artística, bem como com o agir pessoal, ético e político; capacidade de relacionar o exercício da crítica filosófica com a promoção integral da cidadania e com o respeito à pessoa, dentro da tradição da defesa dos direitos humanos; abertura à pluralidade e ao entendimento multicultural; capacidade de compreender a pluralidade de métodos e procedimentos filosóficos e a de posicionar-se em relação a eles.

Na sua opinião, o que diferencia o curso de Filosofia da FAVI dos cursos de outras instituições? Qual é o ponto forte?

Prof. Luiz - Creio que o corpo docente seja o principal ponto forte. Além disso, a atenção que a Instituição tem para com seus discentes, que se manifesta nos diversos âmbitos acadêmicos: excelência do corpo docente (seja enquanto qualificação profissional, seja enquanto dedicação pedagógica); empenho na formação à pesquisa em vista do desenvolvimento da autonomia na busca e produção do conhecimento; constante diálogo com os diversos segmentos da Instituição em vista de uma melhoria constante na qualidade do ensino; constante atualização da biblioteca.

Que benefícios o estudo da filosofia pode trazer para a vida das pessoas? Mesmo aquelas que não desejam seguir carreira como pesquisadores ou docentes desta área, podem aproveitar o curso e aplicar os conhecimentos aprendidos em seu dia a dia?

Prof. Luiz - Na sociedade contemporânea, o indivíduo toma suas decisões com base nas suas convicções e, consequentemente, cada vez mais, diminuem os espaços para lideranças autoritárias. A filosofia é uma das áreas do saber que melhor desenvolve a capacidade de argumentar.
A sociedade contemporânea é decididamente pluralista e, por isso, a capacidade de entender o ponto de vista do outro torna-se condição fundamental para uma sadia convivência. Por estudar os maiores pensadores da humanidade, os quais desenvolveram suas ideias nas mais diversas situações socioculturais pelas quais a humanidade passou, ajuda sobremaneira a olhar para a realidade de forma ampla, a partir de diversos pontos de vista, sem absolutizar nenhum deles.

Em um mundo com tantas tecnologias e transformações rápidas, pode-se dizer que o curso de filosofia continua sendo atual? Por que?

Prof. Luiz - Jamais o ser humano se deparou com um desenvolvimento tecnológico semelhante ao que vemos hoje. Isto, porém, não o dispensa de responder a uma das perguntas que lhe é sempre crucial: qual é o sentido da vida? Segundo o psiquiatra norte americano Victor Frankl, a falta de sentido é um dos maiores dramas do homem contemporâneo. A filosofia tem como foco principal de sua reflexão justamente as questões existenciais mais fundamentais do ser humano: qual o sentido da vida, do sofrimento, da morte? O que é viver bem? Qual o caminho para a felicidade?

Clique aqui para se inscrever para o Vestibular 2019