Ele vive!

Como celebrar a alegria da Ressurreição neste tempo de pandemia?

Seguramente vivemos um tempo único na história da humanidade. Ninguém foi capaz de exteriorizar os sentimentos de milhões de pessoas neste tempo de isolamento social e comunitário.

Neste tempo de quaresma, fomos desafiados a nos recolher não somente em nosso coração, mas em nossas casas, comunidades, e viver de modo intenso a partir de nossos  lares a experiência de esperar a festa da Ressurreição. 

A Campanha da Fraternidade nos desafiou a ir ao encontro do outro, do caído, e buscar descobrir de quem somos o próximo. Nada mais desafiador do que descobrir no acolhimento do lar, ou de nossas casas formativas, a presença dos caídos, dos fracos, dos indefesos, dos machucados, daqueles a quem devemos prestar nossos primeiros socorros. Foi certamente um tempo de graça de Deus que nos permitiu adentrar em nossos quartos (casas), fechar a porta e orar ao Senhor (cf Mt 6,6). 

Estamos às portas de celebrar a Vigília Pascal, mãe de todas as celebrações, e como Igreja chamados a viver a Vitória. Dias atrás, o Papa Francisco nos disse: “Por que estão amedrontados? Não tenhais medo! Sim, não tenhais medo! O Senhor Ressuscitou! Vamos ao seu Encontro. Sim, sempre haverá vitória sobre o medo, sobre a morte. Ele é a Palavra de Deus que se fez misericórdia para todos”.

Como Faculdade Vicentina, queremos desejar a todos uma excelente Semana Santa. E que a alegria da Ressurreição acalente nossos corações e nos encha de esperanças. Que o Espírito do Ressuscitado, derramado abundantemente sobre nós, nos dê a certeza de que logo estaremos juntos fisicamente para continuarmos nossa missão.

Uma feliz e Santa Páscoa a todos. 

Pe. Ilson Luís Hübner
Diretor geral

Foto: Freepik

O site do Instituto Humanitas Unisinos (IHU) publicou mais um artigo do Pe. Eliseu Wisniewski – membro da Congregação da Missão - Província do Sul, professor da Faculdade Vicentina, mestre e doutorando em Teologia. Desta vez trata-se de uma análise do novo livro de Marcelo Barros, intitulado Teologias da Libertação para os nossos dias, publicado pela editora Vozes, em 2020.

"Um cuidado desse livro é educar as pessoas para pensar a fé de forma ecumênica e em uma dimensão inter-religiosa da espiritualidade. Essa ecumenicidade ampla e laical é dimensão fundamental das novas teologias da libertação", escreve o autor do artigo.

Leia aqui o artigo completo e saiba mais sobre a obra.

Em virtude das recomendações de saúde pública, referentes à prevenção da disseminação do coronavírus, e zelando pelo bem-estar da comunidade acadêmica, comunicamos que os funcionários da Faculdade Vicentina trabalharão em home office (em casa) a partir do dia 23/03/20, por tempo indeterminado.

As atividades e serviços continuarão sendo prestados de forma online, pelos canais de comunicação da instituição. E para facilitar o atendimento aos alunos e ao público em geral, agora a FAVI disponibiliza mais uma alternativa de contato: o WhatsApp corporativo, que utiliza o mesmo número principal de telefone da instituição – (41) 3222-7716.

Ao longo deste período de recolhimento e de atenção com a saúde pessoal e coletiva, que possamos nos manter conectados virtualmente e em oração.

>>> ATENÇÃO: EVENTO ADIADO DEVIDO AO CORONAVÍRUS (COVID-19). 

 

A Faculdade Vicentina realizará mais um evento de seu projeto “Diálogos interdisciplinares”, refletindo sobre a Exortação Apostólica Querida Amazônia, do Papa Francisco. A conferência será no Auditório da FAVI (Av. Jaime Reis, 531A), em nova data a ser confirmada. 

A reflexão será estruturada a partir de três momentos fundamentais: 

  • 8h – Dr. Agenor Brighenti falará sobre o tema: “O Sínodo da Amazônia”; 
  • 9h10 – Ms. Felipe Sergio Koller apresentará uma leitura da Exortação Apostólica Querida Amazônia;
  • 10h30 às 11h30 – Debate sobre o tema.

Relações fundamentais

“O Senhor Deus tomou o homem e o colocou no jardim do Éden, para que o guardasse e o cultivasse” (Gn 2,15). As narrações bíblicas “sugerem que a existência humana se baseia sobre três relações fundamentais intimamente ligadas: as relações com Deus, com o próximo e com a terra” (LS, n. 66). 

“A dupla de verbos – cultivar e guardar/cuidar – indica o caminho para que o ser humano busque restabelecer uma relação harmoniosa com a mãe terra desejada por Deus no projeto da Criação”, observa o professor Luiz Balsan, coordenador da graduação em Filosofia e de cursos de pós-graduação da FAVI. 

A entrada é franca e o diálogo é aberto à comunidade. Não há necessidade de inscrição, nem taxa de entrada. 

Saiba mais sobre os palestrantes

Padre Agenor Brighenti possui pós-doutorado em Teologia pela Universidad Iberoamericana Ciudad de México (2017-2018); doutorado em Ciências Teológicas e Religiosas pela Université Catholique de Louvain, Bélgica (1993); mestrado em Teologia Pastoral pela Université Catholique de Louvain (1990); bacharelado em Teologia pelo Instituto Teológico de Santa Catarina (1979); licenciatura em Filosofia pela Universidade do Sul de Santa Catarina (1975); especialização em Pastoral Social pelo Instituto Teológico Pastoral do CELAM (1980). Atualmente, é professor-pesquisador no Programa de Pós-graduação em Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Curitiba, e no Instituto Teológico-Pastoral para América Latina do CELAM, em Bogotá, desde 1994; líder do Grupo de Pesquisa Teologia e Sociedade; bolsista Produtividade em Pesquisa do CNPq; membro da Equipe de Reflexão Teológico-pastoral do Conselho Episcopal Latino-americano (CELAM); e presbítero da Diocese de Tubarão (SC). Foi perito do CELAM na Conferência de Santo Domingo e da CNBB na Conferência de Aparecida. E perito do Sínodo dos Bispos para a Amazônia em 2019.

Felipe Sergio Koller é mestre (2017) e doutorando em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Atuou como professor do Bacharelado em Teologia da Faculdade São Braz e do Centro Universitário Internacional (UNINTER). Professor visitante da Faculdade São Basílio Magno (FASBAM) e da Católica de Santa Catarina. Possui graduação em Filosofia (2013) pela Faculdade Vicentina (FAVI). Pesquisa principalmente os seguintes temas: espiritualidade, magistério pontifício e arte litúrgica. É coordenador do Grupo de Leitura Partilhada Tomás Halík (GLPTH/PUCPR).

Com o intuito de contribuir para a conscientização e a adoção de medidas de prevenção, a Faculdade Vicentina compartilha uma mensagem do professor Dr. Léo Peruzzo, que integra o corpo docente do curso de Filosofia e está vivendo na Itália, por motivos de estudo. 

Ele destaca a responsabilidade que cada pessoa tem para minimizar as consequências desta pandemia. E faz um apelo para que todos que puderem fiquem em suas casas e respeitem as recomendações das autoridades. 

Nesta segunda-feira, 16 de março de 2020, o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, assinou um decreto que dispõe de diversas medidas adotadas pelo Estado para reforçar os cuidados contra a proliferação do coronavírus. 

Entre as medidas anunciadas, está a paralisação das aulas na rede estadual de ensino do Paraná, por tempo indeterminado, a partir da próxima sexta-feira (20). A mesma determinação vale para as universidades estaduais.

>>> Acesse o Decreto nº 4230 (pdf)

Atenta a essa normativa e zelando pela saúde de seus alunos, professores e colaboradores, bem como da comunidade, a direção da Faculdade Vicentina informa que suspenderá as aulas presenciais dos cursos de graduação e do Propedêutico, a partir do dia 18 de março (quarta-feira), por tempo indeterminado. A equipe acadêmica está se organizando para a realização de atividades remotamente, com acompanhamento e supervisão online. Os alunos já foram orientados em sala de aula, para que sejam mantidos os estudos conforme o programado e não seja alterado o calendário acadêmico. Em breve, os estudantes receberão mais informações sobre as atividades.

No que se refere às turmas de pós-graduação, as aulas que estavam previstas para os dias 20 e 21 de março foram adiadas. As coordenações dos cursos seguirão acompanhando os boletins oficiais e as orientações das autoridades. Oportunamente, os alunos serão comunicados sobre as alterações no calendário e reposição dos módulos deste mês.

Além disso, o evento “Diálogos Interdisciplinares”, que seria realizado na FAVI, no dia 24 de março, também foi temporariamente cancelado. 

Contamos com a compreensão de todos neste momento de atenção e cuidado com a saúde pessoal e coletiva. Clique aqui para conferir outras medidas preventivas para evitar o contágio pelo coronavírus.

Com o intuito de incentivar a indicação de novos alunos para as turmas de pós-graduação, a Faculdade Vicentina criou a campanha “Indique um amigo”, que estabelece descontos na mensalidade dos estudantes já matriculados que convidarem novos integrantes para os cursos que estão com inscrições abertas neste início de 2020. 

O aluno que indica (indicador) receberá 10% de desconto por aluno indicado, desde que o indicado efetive sua matrícula em um dos cursos de pós-graduação no primeiro semestre de 2020. Quanto maior o número de indicações, maior será o desconto para o estudante que já estuda na FAVI.

O aluno indicado também será beneficiado pela campanha, recebendo um desconto de 10% em sua mensalidade, exceto na taxa de matrícula. 

A FAVI está disponibilizando, ainda, descontos especiais para alunos egressos que decidirem fazer um novo curso de pós na instituição e Congregações. 

Contato

Para saber mais informações sobre o regulamento da campanha “Indique um amigo” e demais benefícios disponibilizados pela FAVI, entre em contato com o setor Financeiro – pessoalmente, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (41) 3222-7716.

indique um amigo Prancheta 1

Mais Artigos...