Vestibular 2020 horizontal Home Site 2

Estão abertas as inscrições para o Vestibular de Verão da Faculdade Vicentina – uma oportunidade para quem quer ingressar no ensino superior, em uma instituição com mais de 50 anos de tradição em educação de qualidade.

O processo seletivo disponibiliza vagas para dois cursos de graduação: bacharelado em Filosofia e bacharelado em Teologia. Ambos com aulas no período matutino e conceito 4 obtido no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

A avaliação será no dia 1º de fevereiro de 2021, no período da manhã. Devido às medidas preventivas relacionadas à pandemia da Covid-19, as provas serão realizadas online. Para ter acesso, o participante inscrito receberá um link enviado via e-mail, na data do teste.

Quem não puder realizar a prova na data marcada, deve entrar em contato com a Secretaria da FAVI para solicitar a participação no Vestibular Agendado.

Além da redação, serão avaliados conhecimentos gerais de língua portuguesa. No Manual do Candidato, constam as informações necessárias para a execução da prova e os conteúdos que serão avaliados.

>>> MANUAL DO CANDIDATO 2021 (PDF) 

Inscrições

Para participar do Vestibular de Verão da FAVI, é preciso preencher o formulário de inscrição do curso escolhido. A taxa de inscrição é de R$85.

>>> FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO - FILOSOFIA

>>> FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO - TEOLOGIA

Mais informações

Para obter mais informações, basta entrar em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (41) 3222-7716. 

Vestibular 2020

Inspirada em São Vicente de Paulo, seu patrono, a Faculdade Vicentina busca a promoção integral do ser humano. Coloca essa missão em prática por meio de uma educação superior de qualidade, realizada por profissionais competentes, aberta a toda a comunidade, tendo em vista formar cidadãos comprometidos com o desenvolvimento ético, social, cultural e político da sociedade e com o cuidado do planeta.

Para saber mais sobre os princípios que norteiam a educação vicentina, confira a entrevista com o Pe. Joélcio Saibot, diretor de ensino da Faculdade Vicentina, membro da Congregação da Missão Província do Sul e pároco da Paróquia Nossa Senhora da Anunciação (Colônia Dom Pedro II - Campo Largo).

Em que se difere a educação vicentina de outros métodos de educação? 

Pe. Joélcio: A educação vicentina tem como objetivo ajudar na formação para a vida, além da formação para o mercado. Ela é pautada nos valores cristãos, por meio do carisma vicentino. Uma pedagogia criativa, participativa, personalizante, que promove o senso comunitário; aberta ao diálogo, sempre atenta às situações particulares em que se encontram os educandos; libertadora, que oferece contribuições para tornar a sociedade mais democrática e fraterna (educação para a justiça); uma pedagogia que faz da escola um lugar de diálogo entre fé e vida, entre ciência e fé, de tal modo que a pedagogia e o ambiente favoreçam e incentivem o crescimento harmônico de todas estas dimensões.

Ela prepara o aluno de forma diferenciada para sempre buscar o melhor em termos de educação? 

Pe. Joélcio: A educação vicentina busca oferecer uma educação holística para os alunos, ou seja, ver a vida de um modo integral. Priorizamos uma educação na qual o aluno possa ser protagonista na busca dos conhecimentos acumulados na história da humanidade. Esses conhecimentos deverão ajudar a construir uma visão de mundo e pessoa integral: ser biopsicossocial e espiritual. É uma educação que busca dialogar com as situações do nosso tempo: sustentabilidade, respeito, cultura e promoção humana. 

Quais são os princípios básicos da educação vicentina?

Pe. Joélcio: Educação capaz de questionar a realidade social existente, transformando-a numa convivência mais humana e democrática; a consciência do valor moral da liberdade e o empenho de cada um em harmonizar a liberdade de todos; a busca por uma educação que seja acessível a todos; olhar para os educandos como sujeitos, ajudando-os a desenvolver a consciência da dignidade humana e da autoestima, trabalhando conteúdos que evitam qualquer discriminação, tanto na família como na sociedade.

Ciente da relevância da temática para a sociedade atual, a Faculdade Vicentina informa que abrirá vagas para uma segunda turma da pós-graduação em Ética e Direitos Humanos, no primeiro semestre de 2021. 

O curso será ofertado na modalidade de ensino à distância (EAD), com uma carga horária de 360h, distribuídas em 12 meses. Graduados em qualquer área do saber podem se inscrever para a especialização.

O coordenador da pós é o professor Dr. Edimar Brígido. E a certificação EAD é feita pela Faculdade IMESMERCOSUR.

>>> Saiba mais sobre a matriz curricular e demais informações do curso.

IMG 20201218 WA0000

 

>>> Faça sua inscrição em breve, aqui no site da FAVI!

O professor Léo Peruzzo Júnior lançou, neste mês de dezembro de 2020, sua mais recente obra pela editora CRV, intitulada “Cognição, Linguagem e Realidade”. O livro é organizado em parceria com Laura Candiotto, investigadora na Freie Universität, em Berlim.

A publicação, que faz parte da Coleção Filosofia da Mente e Ciências Cognitivas, se propõe a investigar não somente o lugar ocupado pela cognição no mundo, mas como podemos vivenciar nossa própria condição humana por meio dela, elucidando alguns labirintos conceituais relacionados ao tema. 

Segundo Peruzzo, “as fronteiras entre cognição, linguagem e realidade têm despertado, cada vez mais, a consolidação de um espaço particular na história da filosofia e nas ciências cognitivas, sobretudo se considerarmos o tratamento que a questão recebeu a partir do enclausuramento da primeira aos limites da estrutura cerebral. Por isso, um dos principais desafios de investigação não se remete apenas em saber o lugar que a cognição ocupa no mundo mas como, a partir dela, temos a possibilidade de experienciar a nossa própria condição de seres humanos”.

O segundo volume da coleção, que conta com pesquisadores(as) de trinta Universidades brasileiras, será lançado no segundo semestre de 2021, com o título “Tendências contemporâneas de Filosofia da Mente e Ciências Cognitivas”.

Sobre o autor

Léo Peruzzo é pós-doutor em Filosofia pela Università Ca´ Foscari, Venezia (Itália), e doutor em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Editor-chefe da Aurora Journal of Philosophy e professor da Faculdade Vicentina e da FAE Centro Universitário. É autor das obras “Filosofia da Linguagem” (2016), “O que pensam os filósofos contemporâneos? Um diálogo com Singer, Dennett, Searle, Putnam e Bauman” (2017), “Realidade, Linguagem e Metaética em Wittgenstein” (2018), entre outras.

Foto: Nick Fewings - Unsplash

Querida comunidade acadêmica

 

Nos aproximamos de mais um fim de ano, que seguramente será diferente de todos os outros já vividos e celebrados por nós em nossas comunidades e famílias. 

Ao olharmos para trás, vemos que foi um ano intenso, cheio de novidades e de desafios. Seguramente, o verbo que melhor define este ano é “aprender”. Aprendemos a viver cada dia, com suas novidades e seus desafios. Aprendemos a nos renovar; aprendemos que para responder aos desafios se faz necessário estar abertos em todas as dimensões e que não podemos nos perceber já completos ou prontos. Aprendemos que somos capazes de acolher novas metodologias, novas formas de ser e de viver. Aprendemos a respeitar o espaço do outro, a ficar longe, a estar distante fisicamente, mas nunca afetivamente.  Aprendemos a manifestar nosso carinho de longe, por diversos meios, mas com a mesma intensidade de calor humano. Aprendemos que também temos a necessidade de aprender.

Como comunidade acadêmica, vivemos todos estes desafios e nos deixamos desafiar pelo novo, fomos capazes de responder, em nossas diferentes atividades, com a mesma qualidade que sempre nos caracterizou e que continuou a marcar este novo modelo de trabalho e de ensino.  

Nestes últimos dias deste ano tão diferente, só nos resta agradecer a Deus por cada dia vivido, por nos ter proporcionado a oportunidade de viver o novo, de crescer como pessoa, de valorizar os pequenos gestos. Agradecer a Deus por nos mostrar sua presença solidária e companheira em nosso caminhar, fazendo-se caminhante, peregrino e solidário em nossas perdas e vitórias.

Ao preparar nosso coração para os festejos natalinos, saibamos acolher, como Maria, a Encarnação em nossa vida, fazendo-nos discípulos do Verbo Encarnado. E que com Ele possamos construir um novo ano, alicerçado nos valores do Evangelho, testemunhando em cada atividade a presença da Graça reconfortante e inovadora que nos faz sonhar e acreditar que é possível sim viver estes novos tempos.

Em nome da Faculdade Vicentina, desejamos a todos um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de realizações, com a proteção e intercessão de São Vicente de Paulo.

Cordialmente,

 

Pe. Ilson Luís Hübner
Diretor geral da FAVI

Aluno Rafael 1Em agradecimento pelo encerramento de mais um ano letivo, o estudante Rafael Cordeiro, que está indo para o terceiro ano da graduação em Filosofia na FAVI, escreveu um depoimento sobre a experiência vivenciada em 2020. Confira:

“Este ano, a conclusão do ano letivo foi muito diferente, diversas mudanças, o aprendizado remoto, os desafios, lutas, adaptações, sofrimentos, muitas noites e madrugadas em claro estudando e revendo as vídeoaulas, uma pandemia que se tornou o “novo normal” e nos desestabilizou organicamente. 

Porém, diante de tudo isso, a graça aconteceu. O esforço aumentou, a dedicação também, a oração e as coisas foram se ajeitando. 

Enfim, nos reinventamos para poder sobreviver e dar continuidade em nossa caminhada. 

Quero agradecer a Deus e a todos que corroboraram para que tudo se completasse de modo muito harmônico e positivo. Mesmo diante de tantas limitações, conseguimos vencer. Saibam que a oração de vocês foi essencial. Deus nos abençoe sempre mais”.

Na tarde do dia 4 de dezembro de 2020, uma Missa em Ação de Graças marcou a conclusão de mais um ciclo de vida para os formandos dos cursos de graduação em Filosofia e Teologia da Faculdade Vicentina. 

A celebração foi realizada na Paróquia São Vicente, em Curitiba, e presidida por Dom Celso Antônio Marchiori, bispo diocesano de São José dos Pinhais.

Ao final da missa, também foi realizada a colação de grau dos novos bacharéis. 

“Creio ser de suma importância poder celebrar e agradecer a Deus a caminhada realizada neste ano de 2020 por toda a comunidade acadêmica da FAVI. Foram momentos desafiadores, nos quais todos buscaram responder com generosidade e comprometimento para que nosso processo formativo tivesse êxito. A Celebração Eucarística é o ápice e o centro da Vida Cristã. Por isso, por sermos uma instituição fundamentada nos valores evangélicos, não poderíamos deixar de celebrar agradecendo a Deus a caminhada feita e as conquistas realizadas por cada um desses nossos alunos”, afirma Pe. Ilson Hübner, diretor geral da FAVI. 

A missa e a colação de grau foram transmitidas ao vivo pelo canal da FAVI no Youtube, confira a gravação:

 

Mais Artigos...