banner site

A Faculdade Vicentina busca a promoção integral do ser humano, por meio da educação superior de qualidade. Para isso, conta com uma equipe de professores mestres e doutores, profissionais competentes e alunos dedicados. E para compreender quais aspectos são mais valorizados na formação e no cotidiano da instituição, a FAVI pediu que alunos da pós-graduação que concluíram seus estudos neste ano fizessem um relato sobre suas experiências.

Currículo dos cursos, estrutura e ambiente acolhedor

As estruturas curriculares dos cursos oferecidos logo chamaram a atenção de Cleverson Leandro da Silva, professor de 38 anos que ingressou na especialização em Bíblia 1, com ênfase em Jesus Cristo, em 2012. E, recentemente, terminou a especialização em Bíblia 2, com foco no Antigo Testamento. “Minha experiência na FAVI foi ótima, tanto é que, na minha segunda pós-graduação na instituição, convidei minha esposa e cursamos juntos o curso de Bíblia. Difícil é dizer o que mais gostei na FAVI, pois são muitos os pontos positivos: o ambiente gostoso e acolhedor, o nível de formação dos professores, a estrutura da instituição, a assessoria da coordenação, a rica biblioteca, o bom atendimento e atenção de todos os funcionários, as boas amizades que fiz no curso e, sobretudo, o ensino sempre focado na vivência cristã”, conta.

Cleverson afirma que tem a intenção de continuar estudando e que a Faculdade Vicentina contribui com a sociedade, preparando as pessoas para a vida. “Os cursos que fiz na instituição me proporcionaram entender, pelo uso da razão, a minha fé. Ajudaram a sistematizar o que já trazia no coração”, reconhece o aluno.

Ampliação do campo de visão e amadurecimento

IMG 8596O seminarista Fernando Sales da Silva, de 29 anos, classifica sua experiência na FAVI como excelente. “Os professores são ótimos. O clima fraterno, a amizade entre os alunos e a atenção dos colaboradores fazem a diferença”, declara.

Fernando começou a pós-graduação em Espiritualidade em 2015 e destaca como pontos positivos: a grade curricular, o bom atendimento e a atenção recebida quando precisou de informações. Sobre o conteúdo, ele avalia que “amplia o campo de visão, fornecendo condições de refletir sobre as diversas teorias, possibilitando assim uma nova prática pastoral, também um processo de amadurecimento espiritual”.

Experiência de vida transformadora

Por intermédio de colegas da Congregação das Irmãs da Divina Providência, Ir. Maria José de Lima conheceu a Faculdade Vicentina e ingressou na pós-graduação em Espiritualidade, em 2016, interessada nas disciplinas que compõem o curso.

Hoje, com 58 anos de idade e toda a experiência como agente de Pastoral, pode afirmar que o curso fez diferença em sua vida: “me ajudou a querer continuar aprofundando temas relacionados à espiritualidade e à Bíblia. A experiência de vida de alguns professores, testemunho de compromisso com o projeto de Jesus Cristo, me edificaram”.

No decorrer dos módulos, além dos conteúdos, Ir. Maria José também passou a valorizar a preparação das aulas, o ambiente harmonioso e familiar, o relacionamento entre os alunos e os professores e funcionários, a biblioteca e o fácil acesso aos livros necessários. “O curso é muito bom pelo seu conteúdo e possibilita aprofundamento dos temas, pela bibliografia oferecida. Amplia os conhecimentos para o trabalho, seja na Pastoral ou na Congregação, como também para o crescimento pessoal”.

Conteúdo diversificado, aspecto humano e práticaGladis na Biblioteca1

Para Ir. Francisca Machado Sombrio, de 59 anos, que também atua no serviço pastoral, a possibilidade de aliar teoria e prática foi um ponto essencial para sua escolha pela especialização em Espiritualidade. “Chamou-me a atenção o conteúdo programático tão diversificado, dando a entender que possibilitaria um amplo conhecimento da espiritualidade. Isso me fez perceber que se tratava do curso que desejava fazer, pois me ajudaria a compreender melhor os diferentes aspectos da espiritualidade e, consequentemente, colocar em prática na minha vida e missão. (...) Com certeza, indico o curso para outras pessoas consagradas ou leigas, pois ele é de grande importância para quem deseja aprofundar seus conhecimentos teóricos e fortalece para a vivência pessoal da espiritualidade”.

“Com conteúdos muito próprios e professores competentes, diálogos e leituras, o curso possibilitou ampliar meus conhecimentos na área da Teologia, principalmente no aspecto da Espiritualidade. Fortaleceu minha própria experiência pessoal da espiritualidade cristã, dando mais fundamento para minha Vida Consagrada e missão”, relata a religiosa.

Ir. Francisca também destaca a compreensão e o apoio da coordenação aos participantes de outros estados e aos alunos muito ocupados, com atendimento personalizado e envio frequente de recados e recomendações. “Percebi se tratar de uma faculdade que não perde sua qualidade, tendo bastante presente o lado humano do aluno, pois cada aluno tem seu interesse em fazer o curso. Tanto com os professores, como com os colegas, o clima foi de muita fraternidade”, explica.

Por que estudar na Faculdade Vicentina?

Aluna da Faculdade Vicentina desde 2009, Celsita Maria Graciela Diaz Stete já concluiu a graduação em Teologia e quatro cursos de pós-graduação. Em 2018, iniciou a quinta especialização na FAVI. Conheça um pouco desta história de amor ao conhecimento:



Depois de uma trajetória profissional bem-sucedida, Celsita decidiu estudar uma área que a interessava desde a infância. Neste vídeo, ela conta quais são as razões que a fazem escolher a Faculdade Vicentina e desejar continuar os estudos.



Fotos: Geovanni C. De Luca e arquivo da FAVI

Em sintonia com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que reconhece a importância da Pastoral da Acolhida e do aconselhamento, e a consequente urgência de preparar pessoas leigas e consagradas para tais ministérios, a Faculdade Vicentina oferece um curso de Pós-graduação em Aconselhamento e Orientação Espiritual.

A primeira turma teve início em março de 2018. 

Clique aqui e veja uma apresentação mais completa do curso.

A Faculdade Vicentina (FAVI), a Educação Vicentina - Província de Curitiba e o Núcleo Ecumênico e Inter-religioso da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (NEIR - PUCPR) têm a honra de convidar para um Painel sobre Religiões, Educação e Sociedade – que será realizado no dia 2 de maio, das 19h30 às 21h30, no auditório da FAVI (entrada pela Rua dos Presbíteros, 60).

O evento é fruto de uma parceria entre as três instituições e, a partir da tríplice abordagem (religiões, educação e sociedade), foi pensado para discutir o lugar e a contribuição dos processos educacionais, sejam eles mediados pelas instituições educativas ou por outras instâncias, na interação entre as tradições religiosas e o espaço público.

Os painelistas que conduzirão a temática serão: Dr. Joachim Andrade (doutor em ciência da religião e integrante do corpo docente da FAVI) e Dr. Rudolf von Sinner (doutor em teologia e professor da PUCPR) – com a mediação do Dr. Flávio Fernando de Souza (NEIR-PUCPR/EV) e da Ir. Raquel de Fátima Colet (NEIR-PUCPR/EV).

A atividade é dedicada a professores de Ensino Religioso das instituições educativas vicentinas da Província de Curitiba, aos alunos da FAVI, aos integrantes das Casas de Formação e demais interessados no assunto. Trata-se de um momento aberto à comunidade.

Para este evento, não há necessidade de fazer inscrição. Ao final da atividade, poderá ser solicitado um certificado de participação, mediante o pagamento de uma taxa de R$ 20.

Painel2

Questões norteadoras

A reflexão situa-se em três questões principais, que tornam a temática pertinente e atual:

  • A pluralidade cultural e religiosa que caracteriza a sociedade contemporânea, e o inevitável encontro a ser assumido por essas expressões plurais, com suas possibilidades e desafios;
  • A necessidade de mediações dialógicas/pedagógicas, portanto, de processos educacionais, que atuem como movimentos integradores dessa pluralidade;
  • A ressonância e interação das experiências/tradições religiosas nas relações sociais, de modo especial, no espaço público, particularmente na ótica da liberdade religiosa e da laicidade do Estado.

Busca-se também problematizar as concepções de educação religiosa e Ensino Religioso na atual conjuntura sociocultural.

Foto: Freepik

A Faculdade Vicentina tem a honra de convidar todos os professores, alunos e a comunidade para a missa de abertura do ano letivo, que será realizada nesta sexta-feira, dia 8 de fevereiro, às 9h, na Igreja São Vicente de Paulo.

Após a celebração eucarística, haverá a Aula Magna de 2019, ministrada pelo professor Dr. Fabrizio Zandonadi Catenassi, com o tema “A Bíblia como literatura”.

“A pesquisa bíblica tem como que redescoberto os traços estilísticos e literários que estão presentes nos textos que compõem a Bíblia, especialmente nas investigações estadunidenses e da escola francófona. Por cem anos, um método de análise chamado histórico-crítico foi hegemônico na análise da Sagrada Escritura, o qual, sendo válido e necessário, contudo, acaba por não colocar tanto em evidência o texto final quanto seu processo de gênese. Diante disso, é fundamental resgatar abordagens sincrônicas à Sagrada Escritura, o que é essencial para a compreensão da Bíblia como um grande projeto teológico-literário, auxiliando sobremaneira a animação bíblica da pastoral”, explica o professor, sobre a motivação para escolha deste tema para sua conferência.

Na primeira parte da aula, será traçada uma linha histórica da pesquisa bíblica, passando pela Patrística, Idade Média e Idade Moderna. Na sequência, serão apresentados traços da pesquisa recente que considera a Bíblia como literatura, particularmente, da análise narrativa.

A atividade é gratuita, aberta a todos os interessados.

A Campanha da Fraternidade 2019 tem como tema “Fraternidade e Políticas Públicas”, complementado pelo lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27). Neste ano, o objetivo é estimular a população a se envolver mais na formulação de políticas públicas, principalmente em defesa dos mais necessitados. A campanha foi lançada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) no dia 6 de março, Quarta-feira de Cinzas.

Prof. MatthiasPara aprofundamento desta temática, a Faculdade Vicentina convida a todos para um momento de estudo e reflexão, assessorado pelo professor Dr. Matthias Grenzer, um dos principais autores do texto-base da campanha. Cada participante pode escolher entre duas opções de data:

  • 27/03 (quarta-feira) - 19h30 às 22h - Fala para a comunidade em geral (200 vagas).
  • 28/03 (quinta-feira) - 7h30 às 12h - Fala para alunos, professores e comunidade em geral (100 vagas).

As atividades serão realizadas no auditório da Faculdade Vicentina (Av. Jaime Reis, 531A). Estão sendo organizadas pela FAVI, com o apoio das Livrarias Paulinas.

A inscrição é gratuita, mas precisa ser feita antecipadamente, pois as vagas são limitadas. Os participantes que desejarem emissão de certificado (de quatro horas por palestra), poderão solicitá-los à Secretaria da FAVI, mediante pagamento de uma taxa de R$ 10.

Para mais informações, entrar em contato pelo telefone (41) 3222-7716 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

>>> FAÇA SUA INSCRIÇÃO PARA A PALESTRA DO DIA 27/03 

>>> FAÇA SUA INSCRIÇÃO PARA A PALESTRA DO DIA 28/03  


Sobre o palestrante

Professor Matthias é considerado um dos principais biblistas em atuação no Brasil. Possui Bacharelado em Teologia pelo Sankt Georgen Graduate School of Philosophy and Theology, em Frankfurt (Alemanha); Mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP); Doutorado em Teologia pela mesma instituição alemã da graduação; e Pós-doutorado em Teologia pela PUC-Rio. Atualmente, além da docência, atua como coordenador dos programas de pós-graduação stricto sensu da PUC-SP e colaborador dos cursos de pós-graduação da Faculdade Vicentina, em Curitiba (PR).

 

>>> Leia mais: Aprofundamento bíblico: o que o professor Matthias Grenzer abordará nas palestras sobre a CF 2019

Arte Campanha Fraternidade Prof. Matthias

Foto: jcomp - Freepik

Até o dia 1º de março, ainda é possível participar do Vestibular Agendado da Faculdade Vicentina, que disponibiliza vagas para dois cursos de graduação: Filosofia e Teologia.

Para combinar data e horário, basta ligar para a Secretaria, pelo telefone (41) 3222-7716.

Esta modalidade de processo seletivo avaliará as mesmas competências descritas no Manual do Candidato.

Pós-graduação
O curso de pós-graduação em Aconselhamento e Orientação Espiritual também está com inscrições abertas. Outros cursos de especialização serão lançados ainda neste ano. Acompanhe as notícias no site da FAVI para mais informações.

Mais Artigos...