O site do Instituto Humanitas Unisinos (IHU) publicou mais um texto do Pe. Eliseu Wisniewski – membro da Congregação da Missão - Província do Sul, professor da Faculdade Vicentina, mestre e doutorando em Teologia. Desta vez, o artigo apresenta pontos-chave do livro O discipulado no Novo Testamento. Reflexões bíblicas e espirituais, de Paolo Mascilongo, publicado pela Editora Paulinas em 2020.

"Se responder a cada época da história quem é Jesus e o que significa acolhê-lo, segui-lo e anunciá-lo, o leitor tem em mãos um valioso material trabalhado com seriedade por Paolo Mascilongo", escreve Pe. Eliseu.

“A volta às fontes e a frequentação direta do texto bíblico permanecem um elemento imprescindível da experiência e da compreensão da vida cristã, portanto, também do discipulado. É nelas que o cristão encontra o critério da verdade do próprio ser e do próprio agir como seguidor de Jesus. Quanto mais o anúncio cristão estiver ancorado na experiência original descrita na Escritura, mais será capaz, inclusive hoje, de fascinar e atingir intimamente quem dele se aproximar sem preconceito”, destaca o professor da FAVI.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra.

Aula Inaugural 2020 2A abertura do ano letivo de 2020 da Faculdade Vicentina foi celebrada com uma missa, realizada no dia 7 de fevereiro, às 9h, na Igreja São Vicente, em Curitiba. 

Em sua fala inicial, Pe. Ilson Hubner, diretor geral da FAVI, acolheu a todos os novos alunos e aqueles que continuam sua caminhada, professores, funcionários, padres e leigos que colaboram com a missão educativa. “Que nosso batismo possa render frutos em nossa vida, a partir daquilo que escolhemos fazer, a serviço do Reino de Deus”, disse.

A celebração eucarística foi presidida pelo Pe. Odair Miguel Gonsalves dos Santos, Visitador Provincial da Congregação da Missão - Província do Sul, mantenedora da FAVI. E concelebrada por representantes de casas de formação que encaminharam seus estudantes para os cursos de Propedêutico, Filosofia e Teologia.

“Pedimos a Deus que nos conceda todas as graças que precisamos em nossa vida pessoal e nos estudos. Também pedimos a bênção para todos os alunos e mestres que zelam pelas vocações e pela sabedoria”, desejou Pe. Odair.

Aula inaugural

Logo após a missa, teve início a Aula Magna ministrada pelo professor Milton Mayer, intitulada “Qual será nosso destino na Terra? Uma agenda para o futuro”

Aula Inaugural 2020 3Durante a apresentação, o palestrante abordou três tópicos principais (fome, peste e guerras) e a relação destes com o contexto histórico e os avanços tecnológicos, até chegar à situação dos dias atuais. Incentivou reflexões sobre o aumento da expectativa de vida, a pretensão da busca pela imortalidade e as escolhas que fazemos. Também falou sobre o “paradoxo do conhecimento” e a importância dos saberes que levam à ação e mudam comportamentos.

Confira a gravação da aula inaugural no canal da FAVI no Youtube.

Veja mais fotos na página da FAVI no Facebook.

Dando início a mais um ano letivo, a Faculdade Vicentina convida todos os alunos, professores, funcionários e a comunidade para a celebração eucarística que será realizada no dia 7 de fevereiro, às 9h, na Igreja São Vicente (Av. Jaime Reis, 531), em Curitiba. E também para a Aula Magna de 2020, que será ministrada em seguida, pelo filósofo, teólogo, professor e conferencista Milton Mayer. 

“Qual será nosso destino na Terra? Uma agenda para o futuro”: este é o título da aula de abertura do novo período acadêmico. Confira uma síntese do conteúdo que será abordado, elaborada pelo professor Milton:

“O teor da palestra se enquadra dentro da área da Bioética. Visa a identificar os grandes avanços desenvolvidos pela humanidade nas áreas da medicina, da saúde e da tecnologia e a apontar as soluções encontradas para propiciar a superação da fome, das pestes e doenças, e das guerras. Da análise das últimas décadas, os sinais são muito animadores. Relativo ao combate à fome, ainda que não totalmente erradicada, hoje as pessoas morrem mais de obesidade do que de inanição; referente à guerra, hoje se mata muito menos do que se matou até o século XX. Com o avanço das pesquisas da genética, observa-se a existência de mais humanos saudáveis e com cada vez maior expectativa de vida. Entretanto, há muitas perguntas no ar, que questionam se os progressos genéticos estão ao alcance de toda a humanidade, se o número de famintos é aceitável, se uma inteligência artificial resolverá todos os nossos problemas. Interessa, portanto, visualizar algumas perspectivas macroestruturais que nos ajudem a descobrir quais devem ser os próximos passos a serem dados; o que vai exigir nossa atenção e nossa engenhosidade. Em última instância, o que vamos fazer conosco neste século XXI?”

Cronograma

Os interessados nos cursos de graduação em Filosofia e Teologia ainda podem se inscrever para o Vestibular Agendado, entrando em contato com a Secretaria pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (41) 3222-7716. A FAVI também está recebendo inscrições para seus cursos de pós-graduação, que começarão no mês de março.

Ano após ano, a equipe de professores e colaboradores da Faculdade Vicentina trabalha pela excelência do ensino e pelo crescimento da instituição, buscando a promoção integral do ser humano. Como resultado da soma de esforços dos últimos anos, a FAVI conquistou a nota 4 no Índice Geral de Cursos 2018 (IGC) – ranking anual de qualidade do ensino superior brasileiro, publicado pelo Ministério da Educação (MEC) em dezembro de 2019.

Conforme a definição que consta no site do MEC, “o instrumento é construído com base numa média ponderada das notas dos cursos de graduação e pós-graduação de cada instituição”. 

Qualidade comprovada

A nota 4 posiciona a FAVI entre as melhores do país. O índice pode variar de 1 a 5, sendo que os conceitos 4 e 5 são considerados desempenhos excelentes pelo MEC. 

O IGC é um dos aspectos que pode ser consultado pelos estudantes para conhecer o desempenho das instituições de ensino superior. De acordo com o levantamento, a maioria das universidades (63,6%) está relacionada ao conceito 3. 

O Pe. Eliseu Wisniewski – membro da Congregação da Missão - Província do Sul, professor da Faculdade Vicentina, mestre e doutorando em Teologia – colaborou com um texto para o site do Instituto Humanitas Unisinos (IHU).

Trata-se de um comentário sobre o novo livro de Leonardo Boff: A saudade de Deus. A força dos pequenos, publicado pela editora Vozes em 2020. 

"A qualidade, seriedade e profundidade das reflexões de Leonardo Boff propostas nesta obra são indiscutíveis. É de obras deste gabarito que precisamos no atual momento", escreve.

Clique aqui para acessar o artigo completo.

O Calendário Acadêmico 2020 da Faculdade Vicentina já está disponível para consulta. Clique aqui para baixar o arquivo em PDF e confira as atividades programadas para cada mês.

O calendário apresenta as datas mais importantes referentes às atividades pedagógicas, reuniões, avaliações, feriados, recessos, entre outras informações.

A FAVI deseja bons estudos e um ótimo ano a todos!

Reafirmando o apoio ao Papa Francisco e ao seu trabalho incansável na busca de dar voz aos esquecidos do nosso tempo, a equipe acadêmica da Faculdade Vicentina e a Congregação da Missão Província do Sul (mantenedora da FAVI) compartilham a mensagem da Ir. Maria Inês Vieira Ribeiro, presidente da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) Nacional. 

Pronunciamento da CRB Nacional

Aos Consagrados e Consagradas e todas as pessoas de boa vontade

A Igreja é um corpo, nos ensina São Paulo. Neste corpo todos os membros são importantes e, na diversidade, formam a unidade.

Nos últimos meses e, sobretudo nestes dias, através das mídias, o querido Papa Francisco vem sendo atacado, caluniado, mal interpretado, chamado de herege e não são poucos os pedidos de cardeais, bispos, cristãos leigos e leigas, que se intitulam guardiões da sã doutrina, que ele renuncie.

Nós, Vida Consagrada, assistimos a tudo isto com perplexidade. Este ódio e rancores são frutos do espírito do mal. É a tentação do deserto da indiferença, do egocentrismo e do mundanismo religioso que busca de todas as formas derrotar aquele que foi eleito de forma legítima pelo colégio dos cardeais para o serviço de animação e governo da Igreja Católica. O Papa, seja quem for, legitimamente eleito, é o sucessor de Pedro. Ele tem as chaves para abrir e fechar, no comando da barca de Pedro, os caminhos da Igreja.

O Papa Francisco é um servidor do Evangelho, da Doutrina e da Tradição da Igreja, sempre com a preocupação de apontar os novos horizontes da missão. Em sintonia profunda e consciente com o Concílio Vaticano II, ele resgata hoje os valores de uma Igreja que nunca pode deixar de ser missionária, samaritana, profética, mística e sábia, mesmo que as forças e os ventos contrários queiram mantê-la isolada e fechada numa autorreferência estéril.

A Igreja é mãe. E, como toda boa mãe, ela sai de si mesma para abraçar a todos os filhos e filhas, sobretudo os mais distantes, os que se afastaram e os mais pobres e vulneráveis. Francisco é o Papa para este momento da Igreja e do mundo.

Portanto, nós, Vida Religiosa Consagrada, renovamos a ele nossa obediência incondicional e suplicamos ao Bom Deus e a Virgem Maria que o fortaleçam na fé, na esperança e caridade. Unamo-nos, firmemente, ao Papa Francisco em nossas preces!

Ao Papa, o nosso abraço fraterno de irmãos e irmãs.

Brasília, 15 de janeiro de 2020
Ir. Maria Inês Vieira Ribeiro, mad
Presidente da CRB Nacional

Mais Artigos...