O fim de ano se aproxima e com ele mais uma etapa vencida em nossa vida. Um ano difícil e carregado por tantos desgastes políticos, desemprego, corrupção, mortes, por outro lado, por tantas lutas, sede de acertos e desejo de superação. Tanta coisa vai ficando para trás como lembrança de um passado que deixou tantas marcas positivas e tantas outras negativas. O importante é que chegamos ao seu final, e poderemos brindar, na virada do ano, as coisas boas e nem tão boas que ficaram pelo meio do caminho. A vida é assim mesmo, pois nem tudo acontece do jeito que nós desejamos e esperamos.

Na corrida de São Silvestre ou então na maratona, todos correm, mas um só é o vencedor. Na verdade, o importante não é vencer, mas é competir e chegar ao final. A verdadeira corrida é aquela na qual os corredores chegam até a bandeirada final, não importando o lugar que chegaram. Vimos tantas cenas maravilhosas de corredores na maratona que conseguiram atravessar a linha de chegada, plenamente exaustos, mas a grande conquista foi terem chegado e não desistido no meio do caminho. Assim também na corrida São Silvestre onde milhares de corredores, a maioria desconhecidos, decidem competir tendo como único objetivo chegar até o final, não importando em absoluto o lugar na chegada.

Assim como na prova de São Silvestre e na maratona, a vida é uma verdadeira corrida, onde todos nós lutamos não para sermos os primeiros, mas para vencermos os obstáculos diários. Quantas surpresas negativas ao longo desse ano, quantos desafios enfrentados, quantas barreiras superadas, e é exatamente isso que nós queremos comemorar neste final de ano. Não lutamos para sermos os primeiros, mas para darmos conta todos os dias de tantos compromissos, de tantas exigências familiares, comunitárias e em nossos trabalhos. Na medida em que transpomos tantas situações conflituosas, nos sentimos vencedores, nos animamos e sentimos que somos capazes de enfrentar outras situações similares que surgirem ao longo do caminho.

Na estrada da vida, assim como um corredor ou um maratonista, almejamos o ponto final. A grande vitória está em ultrapassar a linha da chegada, desgastado, exausto, quase sem energias, mas plenamente realizado porque valeu o esforço. Com certeza, ao longo do trajeto passaram filmes pela cabeça, inclusive teve momentos que o desejo era parar e abandonar a prova. No entanto, a determinação e a garra fizeram com que continuasse mesmo que fatigado, cansado, mas com um único objetivo em mente: chegar até o final.

Assim é a nossa vida cotidiana, com suas lutas, dificuldades, momentos difíceis e exigentes. Tem vezes que tendemos a sucumbir, a abandonar o barco, a largar tudo, mas de repente tiramos forças não sabemos de onde e prosseguimos sempre em frente. O importante não é ser o primeiro, mas não desanimar, não desistir, mas renovar diariamente o desejo de continuar, tendo como meta, cruzar a linha de chegada.

São Paulo, no final de sua vida, nos dá um exemplo de vencedor quando nos diz: combati o bom combate; venci a batalha; mereço a coroa da glória. Ele pode falar assim, pois teve uma vida muito complicada, feita de tantas prisões, perseguições, surras, mas permaneceu fiel até o fim. A seu exemplo, continuemos firmes na corrida diária, e assim como os maratonistas continuemos firmes até o fim, não importando a ordem da chegada.

 

Padre André Marmilicz

Reitor da Faculdade Vicentina

O professor Bortolo Valle acaba de apresentar sua mais nova publicação. Em parceria com Léo Peruzzo Júnior, é organizador do livro Filosofia da linguagem publicado pela Editora Universitária Champagnat. Reunindo os melhores especialistas, brasileiros e portugueses, o livro busca apresentar o trabalho dos principais autores contemporâneos no campo da Filosofia da Linguagem. “Partindo do problema fregeano e russelliano, a obra se desdobra nos desafios de pensar o papel da linguagem após a virada operada por Ludwig Wittgenstein”.

Conheça a obra. Ótima leitura.

No intervalo das aulas do dia 09 de maio de 2017, no hall de entrada da Faculdade Vicentina, aconteceu a cerimônia de posse do novo Centro Acadêmico. O evento contou com a presença do coordenador do curso de Filosofia, Prof. Dr. Luiz Balsan, professores, funcionários, alunos e da diretora da União Paranaense dos Estudantes (UPE). De maneira breve, a posse foi encaminhada pelo CRT (Conselho dos Representantes de Turma), seguida do discurso do novo presidente e de um tradicional coffee break.

 

Discurso do Presidente,

Bom Dia.
“É graça divina começar bem. Graça maior persistir na caminhada certa. Mas graça das graças é não desistir nunca.” Nos lembra Dom Hélder Câmara.
Cumprimento os membros da Congregação da Missão na qual temos o carinho de chamá-la de Congregação Vicentina. Há 400 anos difundindo seu carisma a luz de São Vicente de Paulo, esse carisma alcança a tantos, uns pela entrega total outros por estar permeados aos seus ensinos.
Cumprimento à equipe gestora na pessoa do Padre André..., Professores e Funcionários... Também meu agradecimento aos amigos que aqui estudam e se preparam para a vida e sacerdócio, muito obrigado pelo apoio e confiança.
O Centro Acadêmico tem a missão de ser ponte. E isso desde o inicio temos convicção de que seremos. Com isso proponho para o nosso melhor convívio e crescimento pessoal alguns valores fundamentais:
Autonomia: esse valor que faz com que alguém se sinta capacitado para tomar suas próprias decisões e, dessa maneira, ser capaz de assumir suas responsabilidades. A responsabilidade é o contraponto da autonomia.
Tolerância: esse valor implica a aceitação e a compreensão da diversidade e multiplicidade da nossa sociedade complexa e contemporânea. Tolerância significa respeito, não relativismo ou abandono de nossos valores, mas capacidade de diálogo entre posições distintas.
Solidariedade: a solidariedade é princípio e valor, e faz parte de nossa identidade. A construção da cultura da solidariedade é responsabilidade comum da casa comum onde habitamos. O valor da solidariedade remete à consciência de que nossa formação só pode se desenvolver por meio do reconhecimento de que somos parte de um todo social e pertencemos a uma comunidade e que a desigualdade social afeta a todos e todos temos de contribuir para a mudança da sociedade.
Quero lembrar a vocês que propostas foram lançadas, outras o caminho se incumbira de mostrar, formamos esta equipe para buscar soluções as adversidades, fomos e seremos presentes em nossa instituição, sempre que precisar conte não só comigo mais com a equipe que assume comigo tal missão. Quero Lembrar aqui os membros do Conselho Executivo, que foram votados e eleitos para o Centro Acadêmico Vicentino 2017: Alex Júnior Sousa, Adriano Souza, Maria Ernestina Amaral, Carlos Gian, Alef Santos, Eduardo Santos.
A equipe que deixa esse cargo nosso cumprimento e agradecimento, desejo e conto com vossas ajudas, sozinhos não vamos longe, mais se somarmos forças caminharemos e chegaremos aos nossos objetivos.
Quero encerrar minhas palavras lembrando de uma frase de Guimarães Rosa, autor de Grande Sertão: Veredas: “Digo: o real não está na saída nem na chegada: ele se dispõe pra gente é no meio da travessia”. E nessa travessia buscamos a Aleteia – Verdade revelada.
Muito Obrigado.

Alex Júnior Sousa de Sousa
Presidente do Centro Acadêmico Vicentino 2017

 

Com a chegada do mês de junho, junto chegam as festa juninas! A FAVI e o Centro Acadêmico, com sua nova direção “Aletheia”, promovem uma grandiosa Festa Junina que acontecerá na próxima sexta-feira, dia 23 de Junho de 2017, a partir das 9h30 da manhã.

Convidamos a toda a comunidade acadêmica para participar deste momento de alegria e de descontração.

Vamos ter muita música, comidas típicas, bebidas, guloseimas, concursos e várias brincadeiras: corrida do saco, corrida com ovo na colher e derrubando latas, etc.

Eleição da Rainha e do Rei do Milho 2017

Inscrições até quinta-feira, dia 22/06/2017 com Maria e Gian.

Prêmio: um jantar para uma pessoa no Restaurante Madalosso em Santa Felicidade.

Melhor Figurino

Os candidatos vão desfilar com um figurino de Rei e Rainha do e serão julgados pelos seguintes critérios: originalidade, criatividade, beleza, simpatia e coerência com o tema.

Show de Calouros

Teremos também um show de calouros. As inscrições podem ser feitas até o dia da festa.

A Faculdade Vicentina ficou conhecida pela qualidade do seu curso de filosofia, ofertado desde 1967 pelo Instituto Vicentino de Filosofia. Nos últimos dez anos, a FAVI tornou-se também referência na oferta de cursos de Pós-graduação Lato Sensu (Especialização). De 2006 até agora foram 118 turmas concluídas, com aproximadamente 2500 alunos formados. Atualmente a FAVI possui 22 cursos em andamento, todos 100% presenciais e com professores altamente qualificados, sempre superando o exigido pela legislação vigente. Escolha um dos cursos de Pós-graduação da FAVI e tenha a certeza que estará recebendo o que há de melhor em cada curso proposto.

O Curso de Bacharelado em Teologia, reconhecido pelo MEC, oferece uma sólida reflexão sobre temas pertinentes à vivência da fé no mundo contemporâneo, fundamentada na Palavra de Deus e na Tradição da Igreja. 

O Curso de Teologia da Faculdade Vicentina é aberto a todos que possuem Ensino Médio completo, sejam leigos ou religiosos.

Data do Vestibular: 02 de Agosto de 2017 (quarta-feira) às 08h00.

 

 

 

 

SAIBA MAIS:

Informações gerais - Teologia

Grade Horária Teologia

Matriz Curricular - Teologia por Eixos

Investimento - Teologia

 

 

Uma das disciplinas do curso de pós-graduação em Espiritualidade da Faculdade Vicentina é Inteligência espiritual. O módulo foi desenvolvido pelo professor Dr. Lademir Pietrich. Segue uma breve apresentação do tema feita pelo próprio professor.

A espiritualidade é algo inerente ao ser humano. Até o final do milênio anterior, a inteligência do ser humano foi medida basicamente em termos de Q.I. (Quociente Intelectual). Com a descoberta das Inteligências Múltiplas e seu posterior desdobramento em termos de Q.E. (Inteligência Emocional), o quadro da amplitude da inteligência humana foi sendo modificada. Atualmente, juntamente com o QI e o QE, uma nova dimensão da inteligência humana está ganhando espaço e se destaca como essencial para as questões fulcrais da existência humana; trata-se do QS (Inteligência Espiritual), o qual está diretamente ligado à capacidade de estar plenamente presente no aqui e agora, de atribuir significado à existência e de dimensionar a vida a partir de valores elevados e perenes.

A Faculdade Vicentina já formou quatro turmas de pós-graduação em espiritualidade na cidade de São Paulo, três turmas em Curitiba e atualmente duas turmas estão cursando.

Mais Artigos...